Um roteiro de 7 dias para uma aventura inesquecível

 Jalapão

Este roteiro é apenas uma sugestão e pode ser adaptado de acordo com seus interesses e tempo disponível.

Foto: jalapaopordosol

Dia 1: – Embarque em Palmas e deixe a cidade para trás, rumo ao desconhecido. – Aventure-se pela estrada de terra batida, apreciando a vastidão do cerrado e seus segredos. – Ao chegar em Mateiros, seu refúgio durante a expedição, instale-se na aconchegante pousada e prepare-se para a jornada. – Saboreie um delicioso jantar regional e desfrute da companhia de outros aventureiros.

Foto: jalapaopordosol

Dia 2: – Mergulhe nas águas cristalinas da Cachoeira do Formiga e deixe-se levar pela correnteza refrescante. – Contemple a beleza estonteante da Dunas do Jalapão e deslize pela areia dourada ao pôr do sol. – À noite, reúna-se ao redor da fogueira para ouvir histórias e lendas do Jalapão.

Photo: Getty Images / Canva Pro

Dia 3: – Explore o Fervedouro Ceiça e deixe-se flutuar em suas águas cristalinas, como se estivesse em um paraíso. – Descubra a Cachoeira da Velha e aventure-se em um rapel emocionante em suas quedas d'água. – Relaxe na Prainha do Rio Novo e mergulhe em suas águas cristalinas, cercada pela natureza exuberante.

Photo: Getty Images / Canva Pro

Dia 4: – Embarque em um trekking inesquecível pela Serra do Espírito Santo e contemple paisagens de tirar o fôlego. – Visite o mirante e admire a vista panorâmica do Jalapão, um verdadeiro espetáculo da natureza. – Participe de um ritual místico na Pedra Furada e conecte-se com a energia ancestral do local.

Legenda

Photo: Getty Images / Canva Pro

Dia 5: – Desvende os mistérios do Cânion Sussuapara e explore suas formações rochosas únicas. – Aventure-se em um mergulho refrescante no Fervedouro do Alecrim e desfrute da sensação de leveza. – Relaxe na Lagoa do Japonês e admire suas águas cristalinas, cercadas por buritis.

Dia 6: – Visite a comunidade quilombola Mumbuca e aprenda sobre sua cultura e tradições. – Conheça a história da região no Museu do Jalapão e mergulhe no passado desse lugar mágico. – Participe de um workshop de culinária e aprenda a preparar pratos típicos do Jalapão.

Dia 7: – Despedida do Jalapão: leve na bagagem as memórias de uma aventura inesquecível e a certeza de que o paraíso existe. – Retorno para Palmas, levando na alma a beleza e a magia do Jalapão.

O que é o Jalapão? O Jalapão é uma vasta região de cerrado que se estende por cerca de 34 mil km² no extremo leste do Tocantins, fazendo fronteira com a Bahia, Maranhão e Piauí. Este território abrange diversos municípios e áreas de preservação, incluindo o Parque Estadual do Jalapão, e se destaca por ser um dos maiores blocos de vegetação nativa remanescente no Brasil. Ainda pouco conhecido entre os brasileiros, o Jalapão vem ganhando o coração dos viajantes apaixonados por ecoturismo graças às suas dunas douradas, fervedouros, cachoeiras e paisagens grandiosas.

Como chegar? O acesso ao Jalapão se dá exclusivamente por via terrestre. Para os viajantes de outras regiões do Brasil, a melhor opção é voar até Palmas, a capital do Tocantins, e de lá, seguir de carro até o Jalapão. A principal rota é a TO-030 até Santa Tereza do Tocantins, seguindo pela TO-130 até Ponte Alta. Vale ressaltar que um veículo 4x4 é indispensável para essa aventura, dado o terreno desafiador da região, marcado por estradas de terra e areia fofa.

Por que visitar? O Jalapão oferece uma experiência única de imersão na natureza. Entre as atividades mais procuradas estão a flutuação nos fervedouros, verdadeiras piscinas naturais de água cristalina e fundo de areia, a contemplação do pôr do sol nas Dunas do Parque Estadual do Jalapão, trilhas pela Serra do Espírito Santo, rafting na Cachoeira da Velha e banhos refrescantes na Cachoeira do Formiga. Para os aventureiros, percorrer mais de 1500 km de estradas em meio a paisagens espetaculares é, por si só, uma aventura inesquecível.

Dicas Essenciais para sua Primeira Viagem ao Jalapão Preparação: Antes de tudo, é fundamental contar com um veículo 4x4 e, se possível, um guia ou motorista experiente. As estradas do Jalapão podem ser um grande desafio, especialmente para quem não está acostumado com terrenos arenosos. Hospedagem: A região oferece opções que vão de pousadas a barracas de camping. Planeje sua estadia considerando os locais que deseja visitar e a experiência que busca. Melhor época para visitar: O Jalapão pode ser visitado o ano inteiro, mas a temporada seca (de maio a setembro) é considerada a melhor época, especialmente os meses de maio a julho, quando a região ainda está verde e a umidade do ar é mais alta. Quantidade de dias: Para uma experiência completa, recomenda-se um roteiro de pelo menos cinco dias, o que permite conhecer uma variedade maior de fervedouros, cachoeiras, além de realizar atividades como rafting e canoagem.

Prepare-se para viver uma experiência transformadora! 

Foto: jalapaopordosol

VEJA TAMBÉM

..................................................

..................................................