Home » Tudo sobre Viagens » Turismo Internacional » Conheça os 5 lugares que você está proibido de visitar

Conheça os 5 lugares que você está proibido de visitar

Compartilhe com seus amigos!

Conheça os 5 lugares que você está proibido de visitar

Ilha da Queimada Grande, Brasil:

Essa ilha brasileira é lar de milhares de cobras venenosas, incluindo a jararaca-ilhoa, considerada uma das mais perigosas do mundo. O acesso à ilha é proibido para garantir a segurança dos visitantes e proteger a população de cobras.

Conheça os 5 lugares que você está proibido de visitar
Foto de Martijn Vonk na Unsplash

5. Ilha da Queimada Grande: Um paraíso infestado de cobras

Localização e características:

  • A 35 km da costa de Itanhaém, SP.
  • Ilha rochosa com 430.000 m² e duas elevações (206m a maior).
  • Sem praias, apenas plataformas rochosas com limo.
  • Coberta por densa mata atlântica.

A Ilha das Cobras:

  • Lar de 15.000 a 25.000 jararacas-ilhoas, cobras venenosas.
  • Espécie endêmica, não encontrada em nenhum outro lugar do mundo.
  • Veneno até 20 vezes mais potente que a jararaca continental.
  • Cobras desenvolveram habilidades únicas para sobreviver na ilha:
    • Subir em árvores para caçar aves.
    • Camuflagem com coloração ocre uniforme.
    • Veneno mortal para garantir presa rápida.

História e acesso:

  • Farol automatizado em 1918 devido aos perigos das cobras.
  • Ilha desabitada desde então.
  • Pesquisadores do Instituto Butantã são os únicos visitantes frequentes.
  • Desembarque proibido para garantir a segurança dos visitantes e a preservação da fauna.

Paraíso para mergulhadores:

  • Águas cristalinas com rica vida marinha (barracudas, tartarugas, etc.).
  • Naufrágio do cargueiro Tocantins (110m) e do navio mercante Rio Negro.
  • Melhor época para mergulho: de novembro a julho.

Curiosidade:

  • Nome da ilha deriva da prática de queimada da mata para afugentar as cobras.
  • Ilha é um importante laboratório natural para estudos sobre adaptação e evolução.

Aviso:

  • Ilha da Queimada Grande é um local perigoso e de acesso proibido.
  • A beleza natural da ilha esconde um risco real para visitantes desavisados.

4. Área 51, Nevada, EUA:

Essa base militar americana é conhecida por ser o centro de teorias da conspiração sobre alienígenas e OVNIs. O governo dos EUA mantém o local em segredo e o acesso é estritamente proibido para civis.

3. Cidade Proibida, Pequim, China:

Esse complexo palaciano foi a residência oficial dos imperadores da China por mais de 500 anos. Atualmente, é um museu aberto ao público, mas algumas áreas ainda são restritas e proibidas para visitantes.

2. Tumba de Tutancâmon, Egito:

Essa tumba faraônica foi descoberta em 1922 e é considerada um dos achados arqueológicos mais importantes da história. O acesso à tumba é limitado para proteger os artefatos e preservar o local.

A Descoberta da Tumba de Tutancâmon: Uma Jornada Fascinante

Após seis anos de buscas infrutíferas, o arqueólogo Howard Carter finalmente encontrou a tumba de Tutancâmon em 4 de novembro de 1922. A descoberta gerou uma “Egitomania” global, com o público fascinado pelos tesouros imensuráveis ​​e artefatos nunca antes vistos.

A tumba continha mais de 5.400 objetos, incluindo a famosa máscara mortuária de ouro azul do faraó, estátuas, carruagens e até mesmo um jogo de tabuleiro. A equipe de Carter levou dez anos para catalogar meticulosamente todos os itens.

Tutancâmon era um faraó frágil da 18ª dinastia que morreu aos 18 ou 19 anos. Estudos indicam que ele sofria de doenças ósseas, malária e deformidades genéticas. Apesar de sua curta vida, sua tumba o tornou um dos faraós mais famosos da história.

A tumba de Tutancâmon atraiu um grande número de turistas ao longo dos anos, o que causou danos às pinturas e ao sarcófago. Uma equipe de restauradores trabalhou entre 2009 e 2021 para reparar os danos e instalar medidas de proteção.

O 100º aniversário da descoberta da tumba deveria ser comemorado em 2022 no novo Grande Museu Egípcio, mas a abertura foi adiada para 2023. O museu abrigará todos os 5.400 objetos da tumba de Tutancâmon, além de outros artefatos da Antiguidade.

A múmia de Tutancâmon permanecerá em sua câmara funerária no Vale dos Reis. A tumba continua a ser um importante local de pesquisa e um símbolo da fascinação do mundo com o antigo Egito.

Outros pontos importantes:

  • A entrada da tumba foi descoberta por um menino local chamado Hussein Abd el-Rassul.
  • A “maldição do faraó” alimentou a histeria da mídia após a morte de Lorde Carnarvon.
  • Zahi Hawass, ex-secretário-geral da Administração de Antiguidades Egípcias, pede a restrição do número de visitantes para preservar a tumba.
  • O Grande Museu Egípcio será o maior museu arqueológico do mundo.

A descoberta da tumba de Tutancâmon foi um evento monumental que contribuiu para a compreensão da cultura e história do antigo Egito. A tumba e seus tesouros continuam a fascinar pessoas de todo o mundo.

1. Coreia do Norte:

Esse país asiático é um dos mais isolados do mundo e o turismo é altamente controlado. O governo norte-coreano impõe restrições severas aos visitantes, que só podem viajar em grupos organizados e com itinerários pré-determinados.

Outros lugares que você está proibido de visitar

  • Zonas militares: Por razões de segurança, o acesso a zonas militares é geralmente proibido para civis.
  • Instalações nucleares: O acesso a instalações nucleares é restrito por motivos de segurança e proteção contra radiação.
  • Propriedades privadas: O acesso a propriedades privadas é proibido sem a autorização do proprietário.
  • Reservas naturais: Algumas reservas naturais são protegidas para preservar a flora e fauna local, e o acesso pode ser restrito ou proibido.

É importante sempre verificar as regras e restrições antes de viajar para qualquer lugar.

Culinária Japonesa de Rua: 7 Delícias que Vão te Fazer Salivar em 2024

Compartilhe com seus amigos!