Home » Tudo sobre Viagens » TRAVEL » Vale do Pati: um guia completo para a sua próxima aventura na Chapada Diamantina

Vale do Pati: um guia completo para a sua próxima aventura na Chapada Diamantina

Compartilhe com seus amigos!

O Vale do Pati é um lugar incrível na Chapada Diamantina que atrai muitos turistas. Se você está procurando uma aventura emocionante, este é o lugar certo para você! Neste guia, vamos fornecer todas as informações necessárias para tornar a sua viagem segura e inesquecível.

Onde fica o Vale do Pati

O Vale do Pati está localizado em uma região ainda pouco explorada da Chapada Diamantina, na Bahia. O percurso dura entre três e cinco dias e a única forma de chegar é a pé ou com a ajuda de animais, pois não existem estradas para transitar de carro. Por isso, você precisará da ajuda de um guia, pois o caminho possui algumas dificuldades.

Como chegar ao Vale do Pati

Existem três formas de chegar ao Vale do Pati: pelo Bomba, no Vale do Capão; pelo Beco do Guiné, em Mucugê; ou pela Ladeira do Império, em Andaraí. A maioria dos trilheiros prefere sair pelo Capão e Guiné, pois é possível chegar de carro até esses lugares.

Atrações no Vale do Pati

O caminho para o Vale do Pati é desafiador e cheio de paisagens naturais. Embora remota, existem famílias que vivem na região e hospedam os andarilhos em suas residências. As casas e refeições são bem simples, mas é o suficiente para recarregar as energias com uma boa noite de sono.

Aqui estão algumas das atrações que você pode encontrar no Vale do Pati:

  1. Mirante do Pati: Uma das melhores recompensas de fazer o trekking pelo Vale do Capão. Para chegar até o topo, você deverá passar pelas Gerais do Rio Preto e Gerais do Vieira, com toda a sua vegetação exuberante. Então, de lá do alto, você verá o Morro do Castelo, o Morro Branco e o Morro do Sobradinho.
  2. Cachoeira do Calixto: Partindo de Mucugê, o local é repleto de belezas nativas, entre elas a Cachoeira do Calixto, perfeita para tomar um banho relaxante.
  3. Gerais do Vieira: Essa trilha possui uma duração de 6 horas e permite ver as serras, montanhas e paredões à distância. Ao subir um pouco mais, podemos ver os Gerais – regiões altas e com serras pontiagudas -, que nos dão uma dimensão do tamanho dos dois vales.
  4. Gerais do Rio Preto: Saindo do Vale do Capão, é possível chegar ao Vale do Pati passando por um córrego que nos leva até os Gerais do Rio Preto.


Compartilhe com seus amigos!